Trabalhador brasileiro já ganha menos que um chinês


Quando você pensa em mercado de trabalho da China, o que imagina? Chineses trabalhando por horas a fio e recebendo um salário muito baixo, quase miserável? Cuidado com sua resposta, ela pode ser muito dolorida.

Isso porque o salário médio pago pela indústria chinesa já supera os valores pagos aos trabalhadores de países como Brasil e México e está se aproximando rapidamente aos recebidos em Grécia e Portugal, segundo a consultoria Euromonitor International,

O resultado vem dos últimos 10 anos, período na qual o salário dos trabalhadores orientais subiram 3 vezes.

Assim, os salários por hora na indústria chinesa triplicaram entre 2005 e 2016 para US$ 3,60, e nesse mesmo período, eles caíram no Brasil de US$ 2,90 para US$ 2,70 e no México de US$ 2,20 para US$ 2,10.

Os dados mostram o progresso que a China fez para melhorar os padrões de vida de sua população de 1,4 bilhão de pessoas, enquanto que no Brasil, Temer nada mas faz do que acabar com os direitos dos trabalhadores brasileiros.

“Conforme alertamos, essa reforma é uma enganação. Visa apenas baratear o custo da mão de obra do brasileiro e aumentar a exploração. Agora temos que lutar para reverter isso na base da luta em porta de fábrica”, afirma Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, da Federação dos Metalúrgicos e da Força Paraná.

Recomendamos para você


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.


*