Veja a lista de deputados e senadores que devem quase R$ 1 bilhão aos brasileiros

Se não bastasse, parlamentares ainda vão votar medida provisória para perdoar 99% de juros, multas e encargos de suas próprias dívidas


Congressistas e suas empresas devem R$ 946 milhões à União, em impostos e contribuições à Previdência e ao FGTS, segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), em dívidas que foram renegociadas e não estão sendo pagas.

Se incluídas na conta as dívidas regularizadas (renegociadas, cobertas por garantias ou suspensas por decisão judicial), o montante devido pelos parlamentares sobe para R$ 1,46 bilhão.

Ao todo são 140 caloteiros, sendo mais de um quinto da Câmara e quase um terço do Senado (115 deputados e 25 senadores). Os dados foram fornecidos pela PGFN ao Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), via Lei de Acesso à Informação. A lista de parlamentares divulgada pelo jornal Gazeta do Povo está disponível no link: https://docs.google.com/spreadsheets/d/1gWnwH1rpoONSyKzaAJG77ZDEPFRjHRGNHkKw09N0LHo/edit#gid=819164147

Com “Refis”, deputados querem perdão de 99% de juros, multas e encargos

Os parlamentares endividados estão entre os que vão votar a Medida Provisória 783, publicada no fim de maio, que cria um novo programa de refinanciamento de dívidas, conhecido popularmente como “Refis”.

O relator da MP, deputado Newton Cardoso Júnior (PMDB-MG), é um dos maiores devedores da União. Ele dirige empresas que têm R$ 55,7 milhões de dívidas em situação irregular e mais R$ 27,9 milhões em débitos regularizados. Foi dele a ideia de incluir na MP o perdão de 99% dos juros, multas e encargos dessas dívidas.

Condições generosas para o pagamento de dívidas vencidas não são novidade, nos últimos 15 anos, o governo criou cerca de 30 programas especiais de parcelamento.

Projeto de Lei 170/2017 quer impedir que devedores sejam eleitos

O Projeto de Lei 170/2017, que tramita no Senado quer impedir a candidatura de devedores da Fazenda Pública ou sócios de empresas devedoras.

O próprio autor do PL, senador Romário (PSB-RJ), é um dos devedores da União. Ele é sócio de empresas que devem R$ 550 mil ao Fisco.

Deputados com dívida própria (20 maiores dívidas):

Adail Carneiro R$ 11.238.002
Roberto Góes R$ 1.673.192
Nilton Capixaba R$ 1.523.826
Carlos Melles R$ 910.372
Carlos Bezerra R$ 488.981
Wladimir Costa R$ 385.414
Paulo Magalhães R$ 382.149
Gilberto Nascimento R$ 343.522
Assis Carvalho R$ 273.079
Silas Freire R$ 211.502
Dr. Sinval Malheiros R$ 112.506
Junior Marreca R$ 95.306
Maria do Rosário R$ 89.039
Zé Carlos R$ 61.855
Paulo Henrique Lustosa R$ 61.187
Jovair Arantes R$ 30.700
Cajar Nardes R$ 29.402
Laercio Oliveira R$ 25.073
José Reinaldo R$ 21.170

Confira aqui a lista completa.

Deputados sócio/diretores de empresa endividada (20 maiores dívidas):

Marinaldo Rosendo R$ 127.664.094
Elcione Barbalho R$ 55.140.069
Newton Cardoso Jr. R$ 49.327.411
Alfredo Kaefer R$ 39.534.777
Elcione Barbalho R$ 26.178.657
Luciano Bivar R$ 24.601.061
Marinaldo Rosendo R$ 15.007.180
Giacobo R$ 10.386.724
Walter Ihoshi R$ 9.159.779
Sarney Filho R$ 7.034.239
Ademir Camilo R$ 5.862.505
João Carlos Bacelar R$ 5.734.797
Alfredo Kaefer R$ 5.342.562
Júlio Cesar R$ 5.327.377
Alfredo Kaefer R$ 5.114.912
Jovair Arantes R$ 3.985.435
Giacobo R$ 3.600.035
Nelson Padovani R$ 3.517.571
Newton Cardoso Jr. R$ 3.203.922
Elcione Barbalho R$ 3.185.438

Confira aqui a lista completa.

Deputados sócio/diretores de fiadora de empresa endividada:

Alfredo Kaefer R$ 3.347.638
Mendonça Filho R$ 4.679.410
João Gualberto R$ 8.405

 

Senadores com dívida própria:

Jader Barbalho R$ 5.614.554
Lauro Antonio R$ 496.122
Roberto Rocha R$ 232.564
João Ribeiro R$ 232.260
Lindbergh Farias R$ 162.133
Cidinho Santos R$ 55.779
João Alberto Souza R$ 38.274
Delcídio do Amaral R$ 30.383
Luiz Henrique da Silvaiera R$ 24.509
Marcelo Crivella R$ 11.817

 

Senadores sócio/diretores de empresa endividada (20 maiores dívidas):

Fernando Collor R$ 127.634.454
Fernando Collor R$ 101.988.137
Jader Barbalho R$ 55.140.069
Jader Barbalho R$ 26.178.657
Ivo Cassol R$ 19.459.557
Lauro Antonio R$ 10.294.642
Lauro Antonio R$ 8.915.473
Fernando Collor R$ 4.931.851
Jader Barbalho R$ 4.228.064
Cidinho Santos R$ 3.283.156
Fernando Collor R$ 3.199.712
Jader Barbalho R$ 3.185.438
Roberto Rocha R$ 2.628.640
Flexa Ribeiro R$ 2.135.286
Fernando Collor R$ 1.727.886
Lauro Antonio R$ 1.212.293
Benedito de Lira R$ 852.270
Acir Gurgacz R$ 806.720
Ataídes Oliveira R$ 566.393
Fernando Collor R$ 418.606

Confira aqui a lista completa.

Recomendamos para você


4 Comments

  1. Desgraçados, canalhas, vocês ñ querem o bem do Brasil vcs estão olhando pro seus próprios bolso o Brasil tá nessa miséria por suas causa bando de corruptos.

  2. Vocês são os maiores devedor da união é por isso que estão aprovando essas emendas absurdas.e escravizando os trabalhadores. Os únicos que faz o Brasil crescer somos nós seus sanguisugas

  3. Esse temer aí nunca vai ter meu voto nem vcs da câmara dos corruptos deputados e senadores corruptos agora já gravei seus nomes aqui.

  4. Deveria haver leis que obrigasse esse monte de velhacos pagar o que deve e punicao. Como por exemplo: serem impedidos de se canditatar e de exercer cargos politicos.
    Nao e o tal de TEMER querer tirar esses rombos nas costas dos pobres aumentando impostos, precos das coisas e fazendo reformas e mais reformas.
    As REFORMAS TEM QUE COMECAR PELOS POLICOS.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.


*